Dezirée & Lucca Forever

terça-feira, agosto 7

Felizes o que são!

Feliz o que acreditam que hoje é possível continuar, começar ou refazer. Felizes os que observam as lagartas. Felizes os que dão bom dia. Felizes os que sorriem com os olhos e mostram vida no canto da boca. Felizes os que se abrem para o mundo e esperam dele o que for possível. Felizes os que olham o passado com saudade e vivem o hoje com malemolência. Felizes os que abraçam e sentem o coração do outro. Felizes os que gritam, os que choram, os que amam. Felizes os que passam deixando algo de si e levando algo da gente...

Eis...

[...]E assim, quando mais tarde me procure

Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure. (Vinícius de Moraes)

Fênix Forever

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget