Dezirée & Lucca Forever

sábado, abril 4

50 tons de quê?

Desculpem a todos que fizeram filas para assistir esse filme e/ou viraram a noite degustando o livro. Acho que esse afã é o reflexo de uma sociedade que não conhece sua história e principalmente a História das Mulheres. Não to aqui julgando ninguém ou afirmando estar eu certa das minhas palavras, mas fico imaginando quantas e quantas jovens após a leitura dessa história se tornaram vítimas desse machismo velado no que parecem ser cenas de amor. Embora o bonitão ressalte a todo o momento que apenas iria além com o consentimento da Anastácia, sua destreza foi avançando o sinal sem o menor cuidado. Aliás, o nome da jovem também me tocou muito, afinal Anastácia foi o nome de uma linda escrava que teve sua face encoberta por uma máscara de ferro e apanhou muito por se negar a “deitar” com o seu senhor... A violência assume papéis confortáveis quando é envolvida por histórias presumidas de amor. Fiquem alertas meninas...  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget