Dezirée & Lucca Forever

domingo, dezembro 4

Aprendi no dicionário que saudade não tem tradução...(CFA)

Tive um sonho maravilhoso hoje, tão real que ao acordar tentei relaxar para retomá-lo. Seria possível um sonho com continuação? Não sei...
Mas tentei! 
No fim acabei mesmo cheia de saudade de momentos felizes vividos. 
Então, resolvi falar um pouco desse sentimento que algumas pessoas dizer ser pertencentes aos seres "masoquistas", mas que eu particularmente, acho que não. Isso porque a minha saudade é sempre involuntária,  motivada por algo que independe de mim.às vezesumamúsica, um lugar, um cheiro, um nome... Dessa vez foi o lindo sonho que tive. 
Recordar também faz parte da vida, desde que continuemos a levá-la olhando para frente, inebriados de "carpie diem´s". Por isso acho tão importante viver intensamente o que se tem à mão,pior do que ter o coração cheio de saudades é olhar pra trás e sentir que poderia ter feito algo à mais e não fiz.Ah isso não!Gritei,chorei,sorri,às vezes junto,às vezes em separado mas fiz tudo o que meu corpo e alma desejavam e por isso me sinto sempre tão viva.Cometi muitos erros, mas tentei, lutei, me arrisquei...


"Através de meus graves erros — que um dia eu talvez os possa mencionar sem me vangloriar deles — é que cheguei a poder amar.”(Clarice Lispector)


Dessa forma sigo a diante feliz e com acerteza de que fiz algo...

Fênix Forever


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget