Dezirée & Lucca Forever

terça-feira, novembro 8

"Que seja eterno enquanto dure" é possível...


Tenho percebido o quanto a vida nos surpreende, embora muitas vezes não nos damos conta. É impressionante como ao longo de nossa caminhada construímos barreiras que nos afastam de sentir a verdade daquilo que se quer.

A medida que nos tornamos adultos, vamos esquecendo algumas sensações que eram tão ardentes em nós quando criança e/ou quando adolescente...
O racional vai empurrando para dentro de um baú, nossas emoções mais puras e aos poucos não sabemos bem quem passamos a ser. Aquela coragem que tínhamos ao subir no banco, sem ao menos sabermos andar direito, deixa de existir por completo.
Claro que entendo que a grande diferença é que agora percebemos os riscos que corremos, mas e daí?
-Onde foi que viu-se escrito que viver de um jeito ou de outro têm-se garantias de felicidade, de prazer, de vida?
Mas continuamos a nos impor limites, continuamos a nos esconder de nós mesmos.

Tenho conhecido tanta gente solitária em seus casamentos, tanta gente que busca amor, tanta gente que simplesmente desistiu...
Milhares de relações vivem um marasmo cotidiano, uma falta de companheirismo, de amor, de tesão, de alegrias.
-Não dá!Recuso-me a desistir!
Poucas são as pessoas que estão sozinhas e se bastam ou estão felizes em suas relações, seja lá como a construíram.
“Que seja eterno enquanto dure” é possível sim! Desde que não desistamos de nós...

Fênix Forever


Um comentário:

  1. Não devemos desistir nuncaa! Sermos fortes e buscar o amor, é a base de tudo! Viver é amar e ser amado! SDar o melhor de si!


    Beijos, linda! =D


    Cáhh Chaves.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget